Salvador da Bahia: o que visitar no Pelourinho?

Alguns dias atrás cheguei no Salvador da Bahia. É uma cidade que cada vez que eu venho eu amo por uma razão diferente. Salvador é imponente, antiga, misterioso, bonito e cheio de cultura.

Você precisa gastar algum tempo no Brasil para entender a diversidade deste belo país. Tem pouco a ver com o estado de Santa Catarina, São Paulo ou Rio de Janeiro, Salvador ou Recife, para citar alguns. A costa foi sempre minha região favorita, não só pelo meu amor eterno em direção à praia, mas pela onda de pessoas da costa. Cada estado ou cada região carrega uma cultura completamente diferente interessante e original.

Salvador da Bahia é conhecido para o tradicional Bahianas, o Acarajé, Capoeira e a importância do comércio de artesanato. Além de suas espectaculares praias, tais como Barra ou Itapoã e ilhas como Morro de São Paulo.

O turista de área e mais conhecida da cidade de Salvador da Bahia é seu centro histórico: Pelourinho. A cidade velha, data da época da conquista por volta de 1550. Foi reconhecida como Património Mundial pela UNESCO em 1980. Em suas ruas estreitas, as construções portuguesas originais da época, ainda se vê muito bem conservado, imponentes igrejas e milhares de bares e botecos escondido histórias interessantes deste centro cultural.

Pelourinho

Pelourinho

O que visitar no Pelourinho?

  • Casa de Jorge Amado Fundação: Além de ser uma fonte de valiosos arquivos do baiano, esta organização não-governamental de escritor incentiva estudos sobre a arte e a cultura baiana. Há sempre uma exposição interessante de ver.
  • Blocos Afro: O mais conhecido é o Olodum, também são Filhos de Ghandi e Muzenza. Siga sua agenda para participar de um julgamento ou show!

Ensayo Olodum (1)

Ensayo Olodum (2)

  • Negócios de discos antigas: há uma área onde estão as lojas de discos. Um deles tem dois andares e vende discos de massas e discos de vinil de milhares de artistas brasileiros. Sempre que venho para a Bahía de eu fazer uma passagem por lá e pedir-lhe para me recomendar alguns discos para minha vitrola. Jóias da música brasileira!
  • Igrejas: A Igreja de São Francisco é considerada o mais rico em termos arquitetônicos. É chocante ver o interior, toda coberto de ouro.

  • Na área do Pelourinho é o elevador que leva para a parte inferior, onde o Mercado Modelo, um comércio de artesanato e produtos tradicionais da bahia, a maior da região. Nele, é possível encontrar de roupas para ferramentas. Além de belos artesanatos e produtos regionais. É realmente imperdível se você está na área.
  • Para os mais aventureiros, há um programa altamente recomendado para fazer após o modelo de mercado: o Museu da Arte Moderna da Bahia (cerca de 20 quarteirões do mercado, recomendado para ir de táxi). Além de sempre ter exposições muito interessantes, sábados das 6-21, há uma reunião que é chamada “JAM não MAM”. O Museu organiza concertos de Jazz, com músicos de muito bom nível. Ideal para terminar o dia assistindo o pôr do sol, ouvindo uma banda boa e tomar uma caipirinha.

Gostou das dicas? Aproveite e faça a reserva do seu Hostel aqui e vá aproveitar a cidade! :)