Todo mundo se encaixa na Lapa. Um bairro de artistas, boêmios, decidiu ser diferente, onde milhares de pessoas preenchem as ruas e bares toda sexta à noite. Contracultura, Lapa é um ícone da noite no Rio de Janeiro.

¿O que é Lapa?

Como se o centro de um bairro poderia alcançar os confins da terra por algumas horas, como se há apenas um lugar, o que se passou, como se a loucura é normal e normal, loucura, Lapa é uma loucura. E está bem assim.

Perto da meia-noite, das praias de Copacabana e Ipanema, os viajantes são enviados para o transporte público que corre ao longo da Avenida Atlântica em busca de bairro da Lapa, onde estrangeiros e locais formam uma comunidade rara e maciça de pessoas dançando, cantando, é conhecida e bebendo cerveja na rua. É Lapa: tabelas externas, cadeiras, samba e desejos. Diria que a Lapa puxa para fora. Isso libera com a sua atmosfera descontraída. Viva e deixe viver.

lapa

¿O que fazer em Lapa?

Beber (talvez sem muita parcimônia) até a entrada dos bares. Andar, beber ou não na mão, entre paredes que falam através dele graffiti e murais. Site de busca entre suas famosas escadarias. Deixe-o cair de pernas dentre suas rupturas e ver aquele rio de pessoas a passar diante dos seus olhos. Em um de seus clubes, dança sem parar. Terá sido onde céu e o inferno se juntam por um tempo; muitas ruas no norte do Rio de Janeiro.

Lapaloca e depois

Esta Lapa na sexta à noite é outra com a luz do dia. Em seguida, suas cores e sua alma de artista são revelados. Sua suave rebelião contra sendo uma cidade. O pulso de homens e mulheres que nele habitam como se fosse uma obra de arte.

Gostou das dicas? Aproveite e faça a reserva do seu Hostel aqui e vá aproveitar a cidade! :)