Festa Literária Internacional de Paraty

A Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) nasceu em agosto de 2003. Organizada pela Associação Casa Azul, a Flip realiza sua 12a edição entre 30 de julho e 3 de agosto de 2014. A Festa Literária tem por tradição reunir autores de peso, e já contou, em edições anteriores, com a presença de Isabel Allende, Ferreira Gullar, Don DeLillo, Richard Dawkins, Eric Hobsbawm, Chico Buarque, entre outros.

Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas.

Millôr Fernandes é o tema de homenagem neste ano. Dramaturgo, editor, tradutor, artista gráfico e um dos principais números na imprensa brasileira, Millôr será lembrado em Paraty dois anos após sua morte, 88 anos, em março de 2012.

A 12ª edição da Flip é comissariada pelo editor e jornalista Paulo Werneck.

Festa Literária Internacional de Paraty

Programação principal

30 quarta

19h | sessão de abertura
Conferência
Agnaldo Farias
Millormaníacos
Hubert e Reinaldo entrevistam Jaguar

Uma homenagem em dois tempos: no primeiro, o crítico Agnaldo Farias destaca o valor da obra de Millôr Fernandes para a arte brasileira. Em seguida, dois discípulos do Guru do Méier, Reinaldo e Hubert – que nos anos 1980 editaram uma cria do Pasquim, o Planeta Diário– conversam com o cartunista millormaníaco Jaguar.

21h30 | show de abertura
Gal Costa

A grande cantora brasileira leva a Paraty as canções de Recanto, seu disco mais recente, que mescla MPB, rock, programações eletrônica e dub-step,concebido e composto por Caetano Veloso. Clássicos como “Folhetim” e “Barato total” completam o primeiro show de abertura gratuito da história da Flip.

31 quinta

9h30 | mesa Zé Kleber
a mesa será divulgada junto com a programação FlipMais

12h | mesa 1
Poesia & Prosa
Charles Peixoto
Eliane Brum
Gregorio Duvivier

Poesia e prosa não são territórios bem demarcados nos livros de Eliane Brum e Gregorio Duvivier. O caráter híbrido da escrita e a infiltração mútua da poesia pela prosa e vice-versa, lição da poesia marginal dos anos 1970, repercute em dois autores estreantes e na obra completa de um de seus principais representantes, o carioca Charles Peixoto.

15h | mesa 2
Os possessos
Elif Batuman
Vladímir Sorókin

Em que medida ler Dostoievski pode ser uma experiência lisérgica? E a crítica literária, pode ser pensada como uma aventura? A ensaísta americana Elif Batuman e o primeiro representante da terra de Tolstói em Paraty,Vladímir Sorókin, trazem notícias de uma superpotência cultural e veem a tradição literária russa pelos olhos do século 21.

17h15 | mesa 3
Fabulação e mistério
Eleanor Catton
Joël Dicker

O mistério e a construção do romance estão no foco de Eleanor Catton e Joël Dicker, que renovam o gênero em obras ambiciosas.

19h30 | mesa 4

Paraty, Veneza no Atlântico Sul

Francesco Dal Co
Paulo Mendes da Rocha

A mesa de arquitetura da Flip 2014 recebeo arquiteto Paulo Mendes da Rocha e o críticoitaliano Francesco Dal Co, especialista na obra do primeiro Prêmio Pritzker brasileiro, para uma conversa sobre as afinidades entre dois territórios singulares: Veneza e Paraty.

21h30 | mesa bônus
Porque era ele,  porque era eu
Mathieu Lindon
Silviano Santiago

Amizade, contracultura, drogas, paternidade, aids, amor gay e suas representações literárias são temas de discussão entre dois autores de livros que rememoram amizades marcantes em suas vidas.

1 sexta

10h | mesa 5
O guru do Méier
Cássio Loredano
Claudius
Sérgio Augusto

A arte de Millôr Fernandes nasce de um rara combinação de desenho e palavra escrita. Um caricaturista e um jornalista perfilam Millôr em traço em prosa.

12h | mesa 6
À mesa com Michael Pollan

Num prato de comida se entrecruzam questões políticas, culturaise ambientais – e é à mesa que temos nossas primeiras lições de democracia e sociabilidade. A arma do ensaísta americano Michael Pollan em sua cruzada contra a comida industrial é a defesa do prazer de comer e de cozinhar, intimamente associado ao da leitura e da escrita

15h | mesa 7
Marcados
Claudia Andujar
Davi Kopenawa

Sobreviventes da guerra de interesses políticos e econômicos que se trava na Amazônia, os Yanomami são um povo “marcado” desde meados do século 20. Pioneira do registro do modo de vida Yanomami, a fotógrafa Claudia Andujar conversa com o xamã e líder Yanomami Davi Kopenawa sobre as origens, o presente e o futuro dos índios no Brasil.

17h15 | mesa 8
Livre como um táxi
Antonio Prata
Mohsin Hamid

Dois autores que fazem do humor e da crônica de costumes a matéria-prima de retratos autoirônicos de si mesmos e do mundo a seu redor.

19h30 | mesa 9
Encontro com Andrew Solomon

Criar um filho pode ser ainda mais desafiador quando a identidade dele não corresponde às nossas expectativas e padrões sociais mais básicos. Autismo, surdez, nanismo etransexualismo são alguns dos casos que o jornalista norte-americano Andrew Solomon examina em sua busca por uma narrativa humanista das exceções e dos afetos em torno delas.

21h30 | mesa 10
2x Brasil
Cacá Diegues
Edu Lobo

Na obra de Cacá Diegues e de Edu Lobo estão alguns de seus retratos mais refinados e populares. O cineasta e o compositor fazem um balanço de sua trajetória e da cultura do país nos últimos cinquenta anos.

2 sábado

10h | mesa 11
Liberdade, liberdade
Charles Ferguson
Glenn Greenwald

Duas faces do combate ao poder imperialista no século 21. As denúncias divulgadas pelo advogado e jornalista Glenn Greenwald expuseram o desmesurado poder dos serviços de espionagem dos EUA, que agem contra seus próprios cidadãos e contra países aliados. As relações espúrias entre autoridades financeiras, mercado e universidades, denunciadas pelo documentarista Charles Ferguson, vencedor do Oscar, mostraram o conluio entre interesses privados e instituições públicas por trás da crise financeira iniciada em 2008.

12h | mesa 12
Memórias do cárcere: 50 anos do golpe
Bernardo Kucinski
Marcelo Rubens Paiva
Persio Arida

O golpe de 1964 foi o início de uma ditadura militar que fez da tortura e do “desaparecimento” de pessoas uma verdadeira política de Estado. Três personagens dessa história, Bernardo Kucinski,Persio Arida e Marcelo Rubens Paiva, expurgam, pela expressão literária, os terríveis dias vividos nos porões da ditadura militar.

15h | mesa 13
A verdadeira história do paraíso
Etgar Keret
Juan Villoro

Das utopias de antigas civilizações à barbárie da modernidade, dois grandes ficcionistas fazem de suas obras espelhos da exuberância e das mazelas de seus países, Israel e México, oscilando entre a visão do paraíso e o terror diante da terra arrasada.

17h15 | mesa 14
Tristes trópicos
Beto Ricardo
Eduardo Viveiros de Castro

No segundo encontro dedicado aos índios e à Amazônia, o antropólogo Beto Ricardo, do Instituto Socioambiental, e o antropólogo Eduardo Viveiros de Castro conversam sobre o pensamento ameríndio e a presença indígena no Brasil de 2014.

19h30 | mesa 15
Encontro com Jhumpa Lahiri

Uma das grandes narradoras de nosso tempo, a britânica de origem indiana Jhumpa Lahiri fala sobre seu romance Aguapés e sobre a literatura como mediação entre culturas.

21h30 | mesa 16
Narradores do poder
David Carr
Graciela Mochkofsky

O jornalismo é uma pedra no sapato do poder, mas, ao mesmo tempo,os meios de comunicação constituem uma engrenagem central do poder. Dois repórteres tarimbados, a argentina Graciela Mochkofsky e o americano David Carr, trilharam suas biografias investigando as relações entre a imprensa e interesses privados.

3 domingo

10h | mesa 17
Ouvir estrelas
Marcelo Gleiser
Paulo Varella

Do mais abstrato ao mais concreto, o físico Marcelo Gleiser e o professor de astrofísica Paulo Varella conversam sobre os limites do conhecimento científico, de nossa visão do universo e do céu sobre nossa cabeça.

12h | mesa 18
Romance em dois atos
Daniel Alarcón
Fernanda Torres

Os bastidores de uma trupe de teatro e a influência de um veterano sobre um jovem ator estão na origem da trama criada por Daniel Alarcónem seu último romance; o romance é o território que a atriz Fernanda Torres explora em sua estreia literária. Morte, velhice, palco, narrativa e as representações ficcionais da vida artística estão entre os temas da conversa entre dois autores, destaques contemporâneos das letras latino-americanas.

14h | mesa 19
Os sentidos da paixão
Almeida Faria
Jorge Edwards

Paixão, ciúme, erotismo e escrita pautam a conversa entre esses dois grandes romancistas, mestres da narrativa ibero-americana.

16h | mesa 20
Livro de cabeceira
Andrew Solomon
Eduardo Viveiros de Castro
Etgar Keret
Fernanda Torres
Graciela Mochkofsky
Joel Dicker
Juan Villoro
Marcelo Rubens Paiva

Convidados da Flip leem e comentam trechos de seus autores favoritos.

Ingressos

Os ingressos para a Flip, que acontece entre 30 de julho e 3 de agosto em Paraty, começam a ser vendidos às 10h do dia 30 de junho.

As compras acontecem pela internet, no site da Tickets for Fun, pelo telefone 4003-5588 e nos pontos de venda credenciados (a lista completa dos pontos de venda está disponível no site ticketsforfun.com.br). O preço dos ingressos da sessão de abertura e das mesas da programação é de R$ 46 (inteira)/ R$ 23 (meia).

Recomendamos fazer o cadastro e escolher as mesas literárias que deseja comprar previamente para maior agilidade no momento da compra. Caso já tenha cadastro no site, confira seus dados de acesso e atualize suas informações.

Para comprar, selecione a mesa desejada, a quantidade e o valor (inteira ou meia) dos ingressos e a opção de entrega. Cheque os itens do carrinho antes de concluir a compra.

Fique atento ao tempo limite em que seus itens ficam no carrinho, observando o relógio no canto inferior da tela.

Uma vez concluída a transação, você receberá um e-mail de confirmação. Mais informações sobre troca, entrega e devolução estão disponíveis na seção ¿nossas políticas¿ do site.

Os ingressos estarão disponíveis para a venda pela internet, telefone e locais credenciados até o dia 29 de julho. Durante os dias de festa, poderão ser adquiridos apenas na bilheteria em Paraty.

Gostou das dicas? Aproveite e faça a reserva do seu Hostel aqui e vá aproveitar a cidade! :)